Inscreva-se em nossa Newsletter:

 

 

Entenda de uma vez como funciona a logística para e-commerce

A logística de um empreendimento consiste no processo de planejar, executar e controlar a movimentação dos produtos, tanto dentro quanto fora da empresa, garantindo-se, assim, a entrega da mercadoria adquirida dentro do prazo informado. Por isso, independentemente do tamanho do negócio, essa gestão merece atenção.

A logística para e-commerce é tão importante quanto em uma empresa física. Isso porque a falha em alguma parte do processo de envio do produto pode significar a perda de um cliente e, ainda, o ganho de uma má reputação na sua plataforma e em sites de reclamação.

Então, se você tem uma loja virtual ou se pensa em abrir uma, continue lendo nosso post para entender o passo a passo de como funciona o processo de logística.

Boa leitura!

Controle de estoque

O controle do estoque é o primeiro passo para uma logística para e-commerce eficiente. Nesse sentido, é preciso analisar se o tipo de produto estocado precisa de algum cuidado adicional no seu armazenamento. Se se tratar de produto perecível, por exemplo, é preciso estar atento a questões como temperatura do ambiente, luminosidade e tempo máximo para permanecer estocado.

Além disso, é interessante manter uma diferença mínima entre o estoque existente e o que é oferecido ao cliente, já que não é bom para o negócio vender um produto e depois precisar informar que ele não está mais disponível. Esse tipo de situação dá a impressão de que o e-commerce é, no mínimo, desorganizado.

Para evitar conflitos como esse, o ideal é fazer um controle regular de todas as entradas e saídas, mantendo o inventário do estoque sempre atualizado. Esse controle permite ao empreendedor, ainda, acompanhar quais são os produtos com maior demanda e quais são os encalhados e que, portanto, precisam de uma promoção.

Embalagem da mercadoria

Uma parte do processo por vezes negligenciada pelos lojistas virtuais é a embalagem da mercadoria. Isso porque deve-se ter em mente se o tipo de mercadoria transportada precisa de algum tipo de proteção especial para que chegue ao cliente final em perfeito estado, pois escrever “frágil” pode não ser o suficiente.

Além disso, o cálculo do custo do transporte considera, entre outros fatores, o peso e o volume da mercadoria. Em razão disso, o ideal é que a embalagem seja a apropriada de acordo com cada objeto, para que não se pague além do necessário.

Por fim, como a embalagem é o primeiro contato do cliente com o produto adquirido, ela precisa representar adequadamente a marca e pode, inclusive, ser um instrumento de marketing.

Escolha da transportadora

Ainda que a transportadora se torne a responsável pela entrega, aos olhos do cliente, a responsabilidade é sempre do vendedor. Por isso, é preciso muito cuidado ao escolher uma transportadora, pois ela pode significar, em grande parte, o sucesso ou o fracasso do e-commerce.

Nessa escolha, é interessante levar em consideração se a transportadora conta com um bom sistema de monitoramento do transporte do produto, para que o empreendedor tenha a oportunidade de acompanhar todo o processo, desde a saída da mercadoria do estoque até sua entrega ao cliente.

Esse tipo de controle é fundamental para que se saiba se o prazo de entrega foi respeitado e para que se entre em contato com o cliente previamente, caso necessário.

Logística reversa

Mesmo com todos esses cuidados, pode acontecer de o cliente solicitar a troca ou a devolução do produto, o que é muito comum em compras pela internet. Nesse sentido, o e-commerce precisa estar preparado para oferecer ao consumidor meios de viabilizar isso, como disponibilizar no site um formulário de solicitação para um ou outro caso.

Além disso, é preciso checar com a transportadora a possibilidade de recolher os produtos ou se é preciso contratar um novo serviço. De todo modo, a loja virtual deve estar preparada para essa situação e agir da melhor forma possível perante o cliente, para que ele continue fazendo compras na sua plataforma.

A logística para e-commerce, portanto, deve receber bastante atenção por parte do empreendedor, na medida em que definirá o relacionamento com o cliente.

Gostou do post? Então aproveite para ler sobre os tipos de frete e suas características.

Ah, temos mais um GRANDE presente para você, clique na imagem abaixo e faça o download deste incrível e-book

Como ter um e-commerce de sucesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gerenciamento de Transporte para Embarcadores