Inscreva-se em nossa Newsletter:

 

 

Gestão de transportadoras: como ter controle de todas ocorrências?

A gestão de transportadoras depende de muitas práticas para ter um bom controle de todas as ocorrências e as inovações dos processos, que permitem melhorar o desempenho de toda a sua operação logística e construir uma estrutura rentável.

As ocorrências não possuem apenas a função de informar os meios de entrega, mas também de notificar possíveis alterações na rota pretendida, retenções de mercadorias ou caminhões por motivo de fiscalizações e a chegada da carga ao destino final.

Entenda agora como ter o controle de todas elas por meio da gestão eficiente, continue lendo!

Tenha um registro adequado dos processos logísticos

O ramo dos transportes trabalha com variados padrões de registro de ocorrências atualmente. Isso é fundamental para a distribuição de informações aos envolvidos no transporte de cargas, o que garante o gerenciamento coerente da distribuição de mercadorias.

Dessa forma, é importante os empreendedores adotarem softwares que auxiliam no monitoramento da frota e aos registros de ocorrências. Com um aparelho móvel, é possível analisar e calcular rotas, reduzir possíveis fraudes de entrega, entre outros.

Assim, com o uso da tecnologia, gestores e motoristas estarão interligados e podem ter o controle do andamento das entregas, recebimento dos produtos e algum imprevisto que tenha acontecido durante o trajeto.

Preveja as demandas

Para evitar risco, planeje previamente as demandas da empresa como os atrasos nas entregas e a falta dos produtos mais procurados. A gestão adequada de estoque também necessita ser observada com base nos cenários e históricos de venda anteriores, visando prever as sazonalidades de mercado e o que esperar das futuras demandas.

Com esses cuidados, o empresário terá ponderação suficiente para as tomadas de decisões.

Tenha um bom planejamento do seu sistema de fretes

Procure obter uma boa estratégia de entregas para não ter despesas desnecessárias. Faça o planejamento levando em consideração como deve ser a distribuição, o meio de transporte e o local onde serão feitas as entregas para cada região.

Observe todos os fatores que trarão mais eficiência para suas operações logísticas, visto que, a otimização dos processos facilita o trabalho, podendo até mesmo prever algum problema que possa surgir.

Controle os custos logísticos

Um bom empreendedor de transportes busca controlar os custos logísticos de sua área de atuação. É interessante, por exemplo, atualizar as tabelas contendo os preços das transportadoras para calcular gastos.

O processo logístico inicia com o pedido feito pelo cliente, no entanto, é uma gestão eficiente que permitirá o atendimento completo dessa demanda. Para não errar, é preciso levar em consideração aspectos relacionados aos custos e ao tempo, a fim de que os objetivos possam atender às expectativas.

Automatize todos os processos

As transportadoras são muito influenciadas pela automação dos processos, a fim de eliminar o que é realizado manualmente. Um exemplo é o caso de quando é conferido o carregamento e descarregamento, já que esse procedimento é feito por meio de código de barras e uso de balanças específicas, que já fazem o volume de cargas e mostra a pesagem.

Além disso, os condutores podem muito bem desfrutar das tecnologias móveis para se atualizarem sobre como está o andamento do serviço. Essas ferramentas permitem o acompanhamento da gestão de entregas em tempo real, melhorando a eficiência e confiança entre as transportadoras e as empresas contratantes.

E aí, gostou do nosso guia sobre a gestão de transportadoras? Entre em contato conosco, será um prazer podermos ajudá-lo no que precisar!

Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gerenciamento de Transporte para Embarcadores