Inscreva-se em nossa Newsletter:

 

 

Quais as exigências do embarcador ao contratar uma transportadora?

Reduzir os custos com transporte das mercadorias é fundamental para que o embarcador mantenha seu negócio competitivo e saudável. No entanto, há um outro fator que precisa ser levado em consideração ao contratar uma transportadora: a qualidade do serviço prestado.

Cabe ressaltar que o embarcador é a pessoa, física ou jurídica, dona da mercadoria e que, em razão de sua atividade, precisa que esses itens sejam entregues aos clientes, ou seja, que sejam transportados. Para isso, o embarcador, em geral, terceiriza esse serviço para uma empresa de transporte.

Ocorre que, ao solicitar o serviço de uma transportadora, as exigências do embarcador devem ser respeitadas. Então continue lendo o post para entender quais são elas. Boa leitura!

Integração de todas as informações do transporte

A integração interna e externa de todas as informações de logística é de grande importância para o embarcador, na medida em que o permite acompanhar e controlar o transporte de suas mercadorias. Além do controle do serviço prestado pela transportadora, a integração de informações, como a implantação de um sistema de rastreamento, permite ao embarcador responder, aos clientes, eventuais dúvidas quanto ao tempo gasto para a entrega do produto adquirido e detalhes de todo o trajeto.

Não há dúvida de que, ao oferecer essa integração de informações, a transportadora se mostra transparente quanto ao serviço prestado.

Utilização da tecnologia para facilitar o serviço prestado

Para viabilizar a integração das informações do transporte da mercadoria, assim como para atender às necessidades de redução de custos logísticos, é fundamental que as transportadoras contem com serviços de tecnologia da informação e softwares que atuem na rede de comunicação e no gerenciamento do transporte.

O uso de softwares de gestão de transporte e de comunicação permite o controle de toda a cadeia de atividades, ou seja, desde a coleta da mercadoria até a sua entrega ao cliente final, garantindo, assim, a fluidez e a confiabilidade na operação.

Otimização das rotas e custos de serviços

otimização das rotas é necessária para reduzir custo e, talvez ainda mais importante, para garantir uma entrega rápida e sem nenhum dano ao produto. Para isso, cabe ao embarcador checar se as rotas traçadas pela transportadora consideram a localização geográfica dos pontos de entrega, bem como o tipo e o volume da mercadoria a ser transportada.

Nesse sentido, a classificação das cargas transportadas contribui para a redução de investimentos em ativos fixos, uma vez que cada carga exige serviços e equipamentos distintos, o que também é fundamental para garantir um transporte seguro.

Segurança e qualidade ao transportar a mercadoria até o cliente

Além de se preocupar com o cumprimento dos prazos de entrega da mercadoria, o embarcador precisa checar se a transportadora é transparente quantos aos custos e, principalmente, se o serviço é prestado de modo seguro e eficiente.

Afinal, o embarcador é o responsável, frente ao consumidor, pela entrega do produto dentro do prazo e em perfeitas condições de uso. Desse modo, qualquer falha nessa operação pode implicar reclamações, cancelamentos e, como consequência, insatisfação por parte dos clientes.

Dessa forma, a transportadora contratada deve estar a par das exigências do embarcador e garantir que todas elas sejam respeitadas.

Gostou do post de hoje? Então aproveite para ler sobre as tecnologias para monitoramento de transporte de cargas.

gestão de logística

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gerenciamento de Transporte para Embarcadores