Inscreva-se em nossa Newsletter:

 

 

Quais são as diferenças entre logística e cadeia de suprimentos?

Logística e cadeia de suprimentos são dois termos amplamente utilizados no mundo dos negócios, assim como também é algo bem comum a confusão dos termos. Muitos acreditam que são a mesma coisa e os usam como sinônimos.

Entretanto, vale salientar que, apesar de estarem associados, existem diferenças entre eles. Cada um tem abrangência e processos distintos. E você, conhece as distinções entre logística e cadeia de suprimentos?

Para esclarecer todas as dúvidas sobe o assunto, elaboramos este artigo, que abordará as diferenças, as vantagens competitivas e o funcionamento de cada um desses processos. Veja a seguir.

Ah, se quiser pode clicar na imagem abaixo e fazer o download deste incrível e-book.

Logística Integrada

O que é logística e cadeia de suprimentos?

Cadeia de Suprimento (supply chain)

De acordo com a Council of Supply Chain Managemente Professionals (CSCMP), principal associação de profissionais do setor, a cadeia de suprimentos abrange o planejamento e o gerenciamento de atividades relacionadas a terceirização, compra e conversão, além de tarefas do gerenciamento logístico.

Uma atividade central que não pode ser deixada de lado é a coordenação e a colaboração com os parceiros da cadeia, que vão de fornecedores e prestadores de serviços terceirizados a intermediários e clientes. Em essência, o gerenciamento da cadeia de suprimentos integra o gerenciamento de oferta e demanda dentro e entre empresas.

Logística

Logística é um termo francês que surgiu na época da guerra. Era aplicado em relação à movimentação, a suprimentos e à disposição dos militares durante a guerra. Com o passar do tempo, o conceito evoluiu e passou a ser aplicado em todos os negócios.

Na prática, é a parte da cadeia de suprimentos que cuida do planejamento, implementação e controle do fluxo eficiente e eficaz de serviços e informações desde a origem até o ponto de consumo para atender aos requisitos dos clientes.

Quais as principais diferenças entre eles?

Como vimos, a logística faz parte da cadeia de suprimentos. Logo, apesar de haver diferenças, eles são processos dependentes e conectados.

A logística tem como principal função atividades relacionadas a movimentação física das mercadorias, sendo o seu foco principal entregar o produto certo, no tempo correto e na qualidade acordada ao menor custo possível.

É um processo estratégico, pois o seu desempenho impacta diretamente na decisão de compra do cliente, que cada vez mais preza por entregas rápidas, flexíveis e de baixo custo.

A cadeia de suprimentos é mais abrangente e ainda mais estratégica. Isso porque envolve processos desde antes da produção até o pós-venda, ou seja, o nível de satisfação do cliente. A sua atuação vai além dos limites da fábrica, pois lida com fabricantes, fornecedores e parceiros de fora da organização.

Como integrar a logística e o supply chain?

A resposta é: por meio da logística integrada. Esse é um processo que visa gerar a máxima integração na organização. Para isso, são utilizados sistemas inteligentes para controlar tanto o fluxo logístico quanto as outras atividades interligadas.

A logística integrada envolve basicamente três grandes grupos: administração de materiais, movimentação de materiais e distribuição física. A sua aplicação gera melhorias em processos como planejamento, pedidos, estoque e distribuição.

A logística e a cadeia de suprimentos apresentam algumas diferenças, mas lembre-se: ambas são essenciais e interdependentes. Faça uma boa gestão e integre os processos. Dessa forma, conseguirá aumentar a produtividade, reduzir custos e gerar resultados surpreendentes.

Quer receber mais dicas práticas para controlar os seus processos, reduzir burocracia e custos logísticos? Assine a nossa newsletter e receba em primeira mão novos conteúdos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gerenciamento de Transporte para Embarcadores