Inscreva-se em nossa Newsletter:

 

 

Supply chain: vantagens e como montar sua cadeia de suprimentos

Gestão eficiente e crescimento do negócio são alguns dos principais objetivos de qualquer empresário. Um conceito a ser aplicado para concretizá-los é o da cadeia de suprimentos supply chain, o qual pode ser usado em todas as empresas para que as demandas e necessidades do consumidor sejam atendidas.

Ficou interessado em saber mais? Continue lendo nosso post para entender o que é o supply chain, quais são as suas vantagens e como montar a sua cadeia.

O que é cadeia de suprimentos supply chain?

Supply chain pode ser traduzido como cadeia de suprimentos e consiste em todo um processo logístico da companhia, passando por todos seus estágios e atores envolvidos, seja direta ou indiretamente, na fabricação até a entrega do produto ao consumidor final. Para isso, todas as empresas integrantes nesse processo são interligadas, a fim de que o consumidor seja atendido com eficiência e eficácia.

Como a cadeia de suprimentos abarca todo o processo percorrido pela empresa, desde a produção até a venda do produto para o consumidor final, sua gestão inclui o controle do armazenamento, as operações, o marketing, a distribuição, o desenvolvimento de novos produtos, entre outros. Isso significa que fornecedores, fabricantes, transportadoras e varejistas fazem parte dessa cadeia e a atuação de cada um determinará o custo e a qualidade do produto que será oferecido ao cliente final.

Nesse contexto, há três fatores principais a serem considerados no gerenciamento da cadeia de suprimentos: o estoque, o transporte e a informação. Isso porque o estoque representa um dos maiores custos e, portanto, quanto melhor gerido, maior será a economia.

transporte, por sua vez, será imprescindível em algum momento, seja para transportar insumos, seja para a entrega da mercadoria e, por isso, devem ser considerados o custo e a eficiência da transportadora escolhida. E, por fim, a informação: o sucesso do supply chain está diretamente ligado à qualidade e organização das informações sobre o processo.

Conhecer e gerenciar a cadeia permite ao gestor detectar em que ponto do processo pode haver falhas, entender como ele pode ser otimizado e como as operações podem ser aprimoradas e, assim, encontrar formas mais eficientes para a produção e entrega do produto.

Em razão disso, esse gerenciamento envolve a tomada de decisões estratégicas, operacionais e de planejamento, como o controle dos fluxos de informação, de serviços e de materiais, a gestão de estoque, a estratégia de vendas, a negociação com fornecedores e a distribuição. Nesse sentido, a adoção de uma forma sustentável de supply chain deve apoiar-se nos quatro níveis de organização de logística, quais sejam, estrutural, estratégico, funcional e de execução.

Qual a sua importância?

De forma simplificada, a cadeia de suprimentos supply chain pode ser definida como um conjunto de atividades e tarefas que envolvem todo o processo pertinente a aquisição de um determinado item em uma empresa, o qual pode ser transformado ou não, até a sua entrega ao comprador.

Esse processo é composto pelas seguintes etapas:

  • compra;
  • armazenamento;
  • produção;
  • embalagem;
  • transporte;
  • e distribuição.

Todas essas atividades devem ser muito bem acompanhadas a fim de que o resultado esperado pelo comprador e pela empresa que vendeu o produto seja positivo.

Planejar toda essa logística também faz parte da cadeia de suprimentos. Entretanto, para que o ciclo funcione perfeitamente, é preciso contar com o apoio total de todos os colaboradores responsáveis, compradores e fornecedores. Tal sincronização agiliza, facilita e potencializa a relação entre fornecedor e cliente.

Essa é a principal importância da cadeia de suprimentos supply chain para uma organização, ou seja, manter forte a aliança entre fornecedores e compradores. É essa cumplicidade a responsável pelo crescimento da empresa, o que favorece o aumento no campo da competitividade, uma vez que a companhia que se compromete a entregar o produto requisitado no prazo certo e com qualidade, conquista cada vez mais a sua clientela, deixando o seu cliente sempre satisfeito.

E isso faz toda a diferença no momento em que esse mesmo cliente voltar a fazer compras e tiver de optar entre a sua empresa e a concorrência. Desse modo, o sucesso e crescimento de uma organização dependem diretamente da eficácia de sua cadeia de suprimentos supply chain.

Como aplicar essa metodologia em uma empresa?

Não é nada fácil aplicar com eficiência a metodologia da cadeia de suprimentos supply chain em uma empresa, os desafios são muitos e cada obstáculo deve ser vencido com muita técnica.

Veja algumas dicas de como é possível desenvolver uma cadeia de suprimentos eficaz e que contribua realmente para o sucesso de uma organização.

Mantenha total controle de todas as etapas do processo

Obtenha o máximo de informações sobre todas as fases que envolvem a cadeia de suprimentos, isso facilita muito o seu gerenciamento.

Esses dados facilitam a tomada de decisões e auxiliam na identificação de problemas que exigem atenção do início até o fim do processo. É muito comum ser necessário um olhar mais acurado para perceber leves falhas que levam a consequências graves.

Preserve o contato com os seus fornecedores

Estreitar as relações e o contato é muito importante para afunilar planos e ideias em comum. Mas, é mais interessante ainda quando há alguma mudança no seu suprimento ou estoque.

Para tanto, pense na alternativa de diversificar o número de fornecedores que distribui a sua mercadoria. Pode ser uma boa estratégia para entregar sempre no prazo certo e com satisfação do cliente.

Controle seu estoque

Acumular itens na prateleira não é bom e deixar o estoque zerar é pior ainda. Por isso, é fundamental manter o equilíbrio para não sofrer com perdas de produtos ou prejuízos com armazenagem inadequada. Utilizar ferramentas de gestão é uma boa opção para controle de estoque.

Como realizar a modernização da cadeia de suprimentos?

Com a evolução do mercado, a gestão da cadeia de suprimentos supply chain também precisou se reinventar. Dessa forma surgiu o Supply chain 4.0, o qual seus processos agora são atendidos em horas e não mais em dias.

Para isso, a automatização dos processos é primordial. Hoje em dia, muitas empresas americanas já utilizam Drones ou carros autônomos para agilizarem as suas entregas.

Ainda para acompanhar essa modernização, as operações estão cada vez mais centradas nos clientes, e o processamento de pedidos necessita de amparo de novos equipamentos que permitem o rastreamento de qualquer produto no estoque e garantem a melhor gestão de tempo e controle de riscos.

Quais as vantagens do supply chain?

O gerenciamento da cadeia de suprimentos traz vantagens significativas para a empresa. Vale listar algumas delas:

Aperfeiçoamento dos serviços

O suplly chain, como ressaltado, permite o controle de toda a cadeia de produção e do serviço prestado por todos os fornecedores e demais parceiros envolvidos, o que possibilita a composição de uma mercadoria com mais qualidade e a entrega correta ao cliente. Essa ação, por sua vez, é fundamental para fidelizar o consumidor e melhorar a reputação da empresa.

Redução de custos

A redução de custos verifica-se, entre outros fatores, pela diminuição de gastos com armazenagem (já que a companhia pode manter em estoque somente o que é necessário), com os custos de produção (na medida em que são adquiridos e usados apenas os materiais corretos e necessários) e com o controle de qualidade e gestão das matérias-primas em estoque.

Ganho de competitividade

Um produto com mais qualidade, melhor preço e excelência na entrega culmina em ganho de competitividade no mercado.

Melhoria das finanças

A melhora do serviço e do produto entregue ao consumidor e a redução de custos com armazenagem e com produção tendem a implicar o aumento de lucratividade e, consequentemente, na melhoria das finanças da empresa.

Esse resultado também pode ser atribuído ao aprimoramento das operações diárias da corporação, com automatização das ferramentas, processos mais fluidos e exatos e, ainda, soluções eficientes implantadas.

Como montar a cadeia de suprimentos supply chain na sua companhia?

Para montar um supply chain na sua empresa, o primeiro passo é identificar quem são os parceiros que fazem parte da cadeia de suprimentos. É importante saber ainda quais sãos os seus objetivos, qual o nível de interação e como todos os envolvidos cumprem seu papel dentro do contexto do processo de produção e distribuição da mercadoria.

A identificação dos parceiros envolvidos na cadeia e a análise da atuação de cada um permitem definir se eles são, de fato, os mais indicados para participar do processo e se correspondem aos anseios da empresa, bem como se há a necessidade de ampliar essa rede, a fim de estreitar os laços entre os participantes.

Todavia, além de mapear as empresas envolvidas, é preciso identificar os indivíduos que fazem parte desse contexto, de modo a saber quem são, onde estão e como se relacionam e interagem com a cadeia de suprimentos. Dessa forma, torna-se possível viabilizar o fluxo de informações entre eles. A ideia é que os envolvidos na cadeia comuniquem-se e relatem suas impressões e avaliações para que a empresa tenha a oportunidade de aprimorar seu produto/serviço oferecido.

O objetivo do suplly chain, portanto, é garantir a visão de um sistema integrado, com compartilhamento de informações e atualizações por toda a cadeia de suprimentos, com cooperação mútua e esforços para otimizar a operação e os resultados. Para que isso aconteça e a empresa consiga formar alianças estratégicas, é preciso ser criterioso na escolha dos seus parceiros e acompanhar de perto seu desempenho.

Além disso, as equipes que compõem os diferentes setores da própria empresa também devem ser integradas, como equipe de vendas, produção, finanças, planejamento de operações e mesmo o marketing, a fim de facilitar e aprimorar a troca de informações entre elas.

Para viabilizar toda essa integração, o ideal é contar com um sistema de TI que possa agregar eficiência e agilidade nos processos, minimizando possíveis erros humanos e situações inesperadas, e, sobretudo, permitir a visão ampla do processo.

Dessa forma, por mais que a implantação da cadeia de suprimentos supply chain possa ser trabalhosa, os benefícios que tendem a proporcionar à empresa são imensuráveis.

Gostou do nosso conteúdo? Se está em busca de auxílio para implementar melhorias em seus processos logísticos, entre em contato com a Tecnovia! Ela tem sempre a solução sob medida para o seu negócio!

Ah, se quiser pode clicar na imagem abaixo e fazer o download deste incrível e-book.

gestão de logística

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gerenciamento de Transporte para Embarcadores