Inscreva-se em nossa Newsletter:

 

 

WMS e TMS: você sabe quais são as diferenças? Descubra aqui!

Manter a logística otimizada e enxuta é um dos degraus para o alcance do sucesso. A otimização, porém, só é possível quando há controle e informações prontas para serem analisadas, de modo a auxiliar na tomada de decisão e torná-la mais precisa. A vida de empresários da área logística pode ser facilitada com sistemas de gerenciamento como o WMS e TMS.

Ambos ajudam no controle e na automatização dos processos, mas você sabe qual é a aplicação de cada um? Continue a leitura deste post e descubra!

O que é WMS?

A sigla WMS significa “Warehouse Management System” (Sistema de Gerenciamento de Armazéns) e está diretamente ligada à gestão e estratégias de estoque. Definir como o estoque será gerenciado influencia diretamente na competitividade da empresa.

Principais funções

A principal função do WMS é o controle e automatização dos estoques. Tendo esse sistema na operação da sua empresa, todas as atividades relacionadas às informações de recebimento, movimentação de cargas, armazenagem no estoque, controle de localização, separação de materiais e processos de expedição podem acontecer de forma automática.

Porém, para o sistema funcionar, é preciso que a empresa tenha uma estratégia bem definida. Deve-se estabelecer, por exemplo, o nível de estoque desejado e o número dos lotes mínimos. Com essas informações o sistema poderá calcular quando será preciso comprar material, qual a frequência necessária de inventário e até verificar as divergências de estoque.

Benefícios

Automatizar processos significa diminuir a mão de obra e economizar tempo para realizar as atividades de maior valor agregado. O WMS traz confiabilidade para os processos, diminuindo a porcentagem de erros comuns da rotina logística.

Transformar atividades operacionais em práticas automáticas propicia a otimização e agiliza os processos internos, dando mais tempo para ações de planejamento e estratégia.

O que é TMS?

A sigla TMS significa “Transportation Management System” (Sistema de Gerenciamento de Transporte) e seu foco está na gestão de transportes. Assuntos como os veículos da frota, gestão de tabelas de fretes, coordenação das manutenções preventivas e otimização de cargas podem ser gerenciados pelo sistema.

Principais funções

O TMS tem como finalidade automatizar os controles relacionados aos transportes da sua empresa. O sistema também permite a automatização de atividades como cálculo de fretes, rastreamento de entregas e auditorias eletrônicas de documentação, diminuindo a necessidade do trabalho manual.

O TMS auxilia na integração dos transportes. Também possibilita ao prestador do serviço obter informações em tempo real e de forma mais rápida, afinal, tempo é dinheiro. A otimização de cargas fará com que o espaço seja bem utilizado e que as mercadorias sejam acondicionadas de forma inteligente, de modo a ter o máximo de aproveitamento nos fretes.

Benefícios

Assim como o WMS, o TMS pode aumentar os níveis de confiabilidade e expandir a vantagem competitiva do negócio. No caso dos transportes, o maior benefício é o tempo de resposta. As informações poderão ser enviadas rapidamente, e não serão necessárias horas de estudo de rotas para definir o melhor caminho (mais rápido e com o menor custo).

Qual é a diferença entre WMS e TMS?

A diferença entre os sistemas se encontra em sua aplicação: um diz respeito ao gerenciamento dos estoques e outro é voltado para os transportes. Os objetivos, porém, são os mesmos: controle, segurança e precisão. Para uma logística integrada, não basta a atuação de apenas um sistema. Eles devem ser trabalhados em conjunto para garantir bons resultados.

Acompanhar de perto todos os detalhes de uma operação pode ser difícil, e por esse motivo existem sistemas como o WMS e TMS. Eles diminuem o trabalho manual e ajudam a controlar os detalhes de forma automática. Ter a informação na palma da mão quando você precisa faz toda a diferença em um mercado que exige rapidez e acuracidade.

Esclarecemos todas as suas dúvidas sobre o assunto? Compartilhe sua opinião conosco e com os leitores deixando um comentário!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gerenciamento de Transporte para Embarcadores