Inscreva-se em nossa Newsletter:

 

 

Auditoria de frete: como identificar duplicidades nas cobranças

A auditoria de frete deve ser um processo rotineiro e é um aspecto fundamental para assegurar a saúde financeira da organização. Para os embarcadores, que contratam serviços de transporte com bastante regularidade, trata-se de uma operação estratégica e que deve ser encarada com bastante seriedade.

Se você busca mais informações sobre o assunto e deseja compreender melhor qual é o panorama geral da auditoria de frete, não deixe de ler o conteúdo até o fim!

No post, que adota o formato de perguntas e respostas para facilitar a didática da explicação, você terá acesso a informações valiosas para alavancar seus processos. Boa leitura e bom aprendizado!

O que é e como funciona a auditoria de frete?

A atividade de auditoria de frete está relacionada ao processo que integra a gestão de todos os canais e recursos envolvidos no escoamento de mercadorias.

O termo se refere à rotina de conferir as faturas emitidas pela transportadora, garantindo que os valores correspondam àqueles que foram previamente acordados — evitando erros, duplicidades e prejuízos.

Além disso, vale mencionar que a auditoria de frete tem um papel mais amplo e estratégico: o de contribuir para uma análise coerente e detalhada a respeito do impacto dos custos nas obrigações financeiras da empresa.

Na prática, a auditoria de frete funciona como uma ferramenta analítica para o curto e para o médio prazo. Ao mesmo tempo em que evita a incidência de equívocos no pagamento dos fornecedores, também promove uma gestão mais enxuta no que tange ao controle de gastos, preservando a saúde financeira do negócio.

Como identificar duplicidades?

Um dos erros mais comuns na gestão de fretes — e que pode ocasionar prejuízos consideráveis ao caixa da empresa — é justamente o pagamento de faturas duplicadas.

Muitas vezes, o fornecedor não mantém controle estrito dos envios de notas e, por isso, acaba repetindo a emissão das cobranças.

O processo de auditoria, como já foi mencionado, atua direta e proativamente para evitar esse tipo de engano. Ao corrigir a incoerência antes que as transações tenham sido efetuadas, a empresa preserva seu fluxo de caixa e evita desgastes com o parceiro de negócio.

A identificação de duplicidades, portanto, ocorre no ato da auditoria e rende economia de recursos e agilidade de correções.

Como a tecnologia pode ajudar?

A tecnologia é, sem dúvida, uma grande aliada na otimização de processos e na alavancagem de resultados. No que compete à auditoria de fretes, as ferramentas que automatizam processos são essenciais para melhorar a performance da operação.

Nesse caso, um sistema integrado para gerir as atividades de frete favorece a centralização de dados e, assim, suprime a necessidade de novas digitações e a ocorrência de erros manuais.

A tecnologia também contribui para evidenciar possíveis erros — seja de valores ou de duplicidades, para citar apenas alguns exemplos — e maximiza a segurança das operações.

Diante disso, não seria equivocado dizer que um sistema de gestão com alta aderência às operações de frete desponta como um diferencial competitivo. Afinal, ao simplificar processos de auditoria de frete e ao conferir transparência às transações, os gestores são munidos de dados mais confiáveis e tomam decisões mais acertadas.

Ah, se quiser aprender muito mais, clique na imagem abaixo e faça o download deste incrível e-book.

Contratar o Frete com Segurança

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =

Sistema de Gerenciamento de Transporte para Embarcadores