Inscreva-se em nossa Newsletter:

 

 

Qual a importância da engenharia Logística para embarcadores?

A logística puramente operacional é algo que não se encaixa mais no mercado atual. Devida às grandes mudanças que a tecnologia proporcionou, essa atividade entrou no escopo da estratégia, e é de fundamental importância para o desenvolvimento do negócio.

Diante disso, para acompanhar a dinâmica do mercado, as empresas começaram a buscar competências que as ajudassem a alcançar uma vantagem competitiva por meio dessa tecnologia. E é nesse momento que elas se deparam com a necessidade de incluir a Engenharia Logística para otimizar os processos internos.

Quer saber um pouco mais sobre o conceito de Engenha Logística? Confira!

O que é Engenharia Logística?

Para se manter competitivo no mercado, a empresa precisa trabalhar constantemente para reduzir seus custos e otimizar seus processos, aumentando a produtividade.

A Engenharia Logística é uma área do conhecimento que tem como objetivo buscar os melhores processos logísticos, assim como a base estrutural e tecnológica para alcançar a eficácia e deixar o negócio mais enxuto.

Como essa competência contribui para otimizar os processos logísticos de uma empresa?

Conhecer os detalhes da operação e as necessidades do negócio é a primeira missão da Engenharia Logística. Com essas informações, a pessoa capacitada irá desenhar os processos e escolher os melhores métodos de trabalho para cada atividade.

A partir dessa análise, em conjunto com a gestão logística, decisões poderão ser tomadas sobre os investimentos tecnológicos e estruturais. Eles são necessários para que a operação possa trabalhar de forma otimizada, produtiva e mais precisa.

Como o investimento na Engenharia Logística fornece melhorias para o setor de distribuição de mercadorias?

Verificar o custo-benefício da aplicação da Engenharia Logística em uma operação não é uma tarefa complicada, visto o grande número de vantagens que a aplicação da competência trará para a operação. Separamos algumas delas para você conferir:

Otimização de processos

Para se manter competitivo, é preciso conseguir atender as demandas de forma rápida, eficaz e sem erros, afinal, cada falha influencia diretamente na satisfação do cliente.

Sendo assim, o primeiro grande benefício é a otimização dos processos, que pode ser, por exemplo, a aplicação de uma nova ferramenta ou a mudança de um layout que diminuirá o número de movimentos que o operador gasta para fazer determinada ação.

Redução de custos

A otimização resulta não apenas em maior produtividade, mas também em menores custos. Ao deixar o processo enxuto, a logística trabalhará com o mínimo de recursos possível para alcançar determinado nível de qualidade de serviço.

Movimentos serão reduzidos, frequências de algumas atividades poderão ser minimizadas, assim como as falhas que causam retrabalho, influenciando no custo total gasto com a logística interna.

Auxílio na tomada de decisões

Tomar decisões baseadas em fundamentos precisos evita que a empresa tenha que gastar mais dinheiro para corrigir problemas de planejamento.

A Engenharia Logística tem a função de estudar de forma aprofundada qual a melhor solução para cada operação, e assim proporcionar aos gestores dados o suficiente para que as melhores decisões possam ser tomadas.

O mercado está sobrecarregado de empresas que prestam o mesmo serviço. Por esse motivo, se sobressair da massa de concorrentes é imprescindível se a empresa deseja crescer. A Engenharia Logística pode ser a solução para que o seu negócio encontre a vantagem competitiva que tanto procura.

E aí, gostou do post? Quer aplicar a Engenharia Logística no seu negócio? Entre em contato conosco e descubra como podemos ajudar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × dois =

Sistema de Gerenciamento de Transporte para Embarcadores