Inscreva-se em nossa Newsletter:

 

 

APRENDA A REDUZIR CUSTO DE FRETE DE SUA EMPRESA

Aprenda a reduzir custo de frete de sua empresa

O custo de frete é um dos maiores que a empresa absorve na execução de suas atividades. Isso se deve, em grande parte, ao alto preço (e suas variações) do combustível. Por ser uma variável importante e que não oferece alternativas, a redução deve ser encontrada por meio de outros aspectos.

No artigo de hoje vamos oferecer 6 dicas que podem ajudar a reduzir o custo de frete, além de tornar a operação mais eficiente. Quer saber quais são elas? Então continue com a leitura e confira agora mesmo!

1. Analise e planeje os custos com frete

O planejamento é o primeiro e mais importante passo para encontrar soluções que ajudem a reduzir o custo de frete. Vale lembrar que toda atividade, para que seja bem-sucedida, precisa ser cuidadosamente planejada e organizada antes que se parta para a execução.

É por meio da criação de um plano que se identificam os pontos que precisam de melhorias, quais rotinas precisam ser alteradas e quais etapas são desnecessárias (e podem ser eliminadas, por exemplo).

Além disso, cada mudança deve ser cuidadosamente avaliada, levantando seus impactos e de que forma eles podem afetar a qualidade do serviço de transporte. Dessa forma, é possível se prevenir de problemas futuros que afetarão a satisfação dos clientes.

2. Priorize transportes com preço acessível

Se sua empresa trabalha com transporte terceirizado, é fundamental planejar a modalidade de transporte que será utilizada para as entregas. O ideal é que o transporte aéreo seja utilizado apenas em casos de urgências na entrega (que podem ocorrer em decorrência de fatores internos ou externos), por exemplo.

Existem operadores logísticos com diversos clientes e operações muito bem estruturadas, que têm um alto volume de carga e conseguem entregar até mesmo em áreas mais afastadas, com um prazo razoável e um preço muito mais acessível do que o transporte aéreo.

Só é preciso ter o cuidado de verificar a reputação do parceiro de transporte anteriormente, já que a qualidade é um fator tão fundamental quanto o custo. Essa medida é necessária para que se mantenha um nível mínimo do que se espera de um serviço — evitando prejudicar a experiência dos clientes.

3. Contrate parceiros de confiança

Ainda sobre a terceirização do serviço de transporte, é de extrema importância contratar parceiros que sejam confiáveis, além de oferecer condições de pagamentos competitivas para distribuir suas cargas.

Além de buscar prazos satisfatórios, é essencial controlar o nível de serviço, avaliando se a maioria das cargas são entregues dentro do prazo e sem reclamações (de avarias e extravios, por exemplo) por parte dos clientes.

Vale estabelecer cláusulas que penalizem a transportadora caso as condições do contrato não sejam cumpridas.

3. Procure agendar as entregas com os clientes

O agendamento de entregas é uma medida muito eficaz na redução do custo de frete. Por meio dessa medida, pode-se aproveitar um tempo maior para consolidar cargas para as regiões, otimizando o serviço de roteirização — que, por sua vez, ajuda a reduzir os custos com combustível e pneus.

Essa solução é especialmente importante para os casos de entregas muito pulverizadas, para clientes que compram poucos volumes por vez. Entretanto, deve-se avaliar a viabilidade de implementar esse tipo de operação, haja vista que nem todos os clientes podem concordar em receber as cargas em dias específicos.

Por outro lado, eles podem se beneficiar tendo uma previsibilidade maior com relação às entregas — fato que pode ser usado como benefício para justificar a troca da operação.

4. Utilize um software de gestão para controlar os custos

Existe um jargão na área de administração que diz que “não se controla aquilo que não se mede”. Em outras palavras, se não se sabe como o dinheiro é gasto, dificilmente será possível criar ações acertadas para a redução dos custos.

Nesse sentido, um sistema de gestão, por si, ajuda na redução de custos por meio do aumento da agilidade dos processos, da produtividade, da redução do índice de erros, necessidade de retrabalhos, entre outros aspectos.

Falando de gestão de transporte, especificamente, o maior controle sobre as operações permite que todos os custos de frete sejam conhecidos, permitindo que o gestor identifique as oportunidades de redução de forma mais clara.

Além disso, existem algumas soluções que permitem a geração de relatórios, que dão uma visão mais ampla para o gestor e ainda são a base para a criação de indicadores de desempenho.

5. Acompanhe indicadores de desempenho que podem ajudar a reduzir o custo de frete

Os indicadores são ferramentas de gestão que permitem avaliar os resultados e se eles estão dentro das metas definidas anteriormente. Assim, consegue-se controlar os custos de maneira mais organizada e estruturada, proporcionando análises mais precisas.

No que diz respeito ao custo de frete, pode-se acompanhar diversos KPI’s, entre eles:

  • frete sobre o valor do faturamento;
  • por região;
  • por rota;
  • por cliente;
  • de trocas e devoluções;
  • de reentregas.

Por meio dos resultados obtidos, torna-se mais fácil realizar a identificação dos gargalos, onde eles ocorrem e quais são as causas prováveis. A partir daí, todo o processo de tomada de decisão e implementação das melhorias se torna mais ágil e acertado.

Essa ideia está alinhada com o objetivo do planejamento, que é realizar melhorias precisas, evitando o risco de promover mudanças que podem ter um impacto negativo — ou aquém do esperado.

6. Invista na criação de rotas inteligentes

Já se sabe que os gastos com combustíveis (e fretes) estão entre os maiores que uma empresa absorve. Dito isso, pode-se afirmar que uma das maneiras mais eficazes de reduzir o custo de frete é por meio da implementação de um sistema de planejamento de rotas.

Devido às diversas variáveis envolvidas no processo — prazo, distância do destino, gasto com combustível, restrições do trânsito e dos clientes, quantidade de pontos de entrega, entre outros —, o ideal é contar com um sistema específico para esse fim.

Assim, torna-se possível fazer uma roteirização rápida, mas ao mesmo tempo com a garantia de que o melhor percurso foi escolhido.

Reduzir os custos de frete de uma empresa é essencial para garantir sua competitividade no mercado, além de alcançar uma margem de lucro ainda mais satisfatória — haja vista que são os altos gastos que consomem uma grande parcela da lucratividade. Além disso, por meio dessa ação, é possível aprimorar processos e torná-los mais confiáveis e com maior qualidade.

O que achou deste artigo? Aproveite e compartilhe o conteúdo em suas redes sociais e permitir que mais pessoas conheçam opções para reduzir custo de frete nas empresas!

Ah, se quiser aprender muito mais, clique na imagem abaixo e faça o download deste e-book

Como reduzir Custos

Comentários (4)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gerenciamento de Transporte para Embarcadores