Inscreva-se em nossa Newsletter:

 

 

Logística 4.0

Logística 4.0: quais seus impactos no setor de transportes?

O mundo dos negócios está em constante transformação, obrigando todos os setores a se adaptarem aos novos processos. Nesse sentido, a logística 4.0 é resultado da indústria 4.0, que engloba a automação e tecnologia da informação, bem como inovações tecnológicas. Por meio desse conceito, a área de transportes ganha inteligência e agilidade.

Uma vez que a logística 4.0 traz ferramentas que conectam os serviços e geram dados confiáveis, as empresas passam a executar as suas tarefas de forma rápida, além de reduzirem os seus custos operacionais e se tornarem mais eficientes. Quer entender melhor essa nova etapa da logística? Confira, neste post, como ela funciona e os seus impactos no ramo de transportes!

O que é logística 4.0?

Basicamente, a logística 4.0 representa uma nova fase desse segmento, que tem como finalidade utilizar processos inovadores para proporcionar o crescimento organizacional das empresas. Ela é ultraconectada, atendendo aos requisitos de velocidade, redução de custos, ganho de eficiência e disponibilidade de informação que caracterizam a indústria 4.0.

Nesse conceito, enfatizam-se a otimização dos processos e a tomada de decisão embasada em dados seguros, que são colhidos dentro da companhia e a partir das interações com transportadoras, embarcadores, armazéns, clientes e demais partes que participam da cadeia logística. Veja as principais tecnologias empregadas na logística 4.0.

Inteligência Artificial

Consiste no uso de máquinas para tomar decisões automáticas no decorrer dos processos, além de prever comportamentos, eliminar possíveis problemas antes mesmo que aconteçam e gerar eficiência para as atividades de transporte.

Internet das Coisas

Tem como finalidade conectar à internet todos os equipamentos usados na rotina da empresa. Com a Internet das Coisas, essas ferramentas podem funcionar de maneira automatizada, visto que seguem a programação de seus sistemas. Isso reduz os custos operacionais e eleva a produtividade.

Big Data

O setor de logística reúne uma grande quantidade de informações. Nesse contexto, o Big Data é um aliado importante para colher, tratar e analisar dados, que podem ser utilizados para promover melhorias nos serviços de transporte.

Cloud Computing

A computação na nuvem possibilita que as companhias coletem, armazenem e disponibilizem dados em uma plataforma online, que somente as pessoas autorizadas podem acessar a qualquer momento e de qualquer local. Assim a tecnologia viabiliza a prestação de serviços em localidades diferentes.

Quais são os impactos da logística 4.0 no setor de transporte?

Diante das mudanças trazidas pela logística 4.0, o setor de transporte tem mais previsibilidade nas suas demandas, além de conseguir fazer análises preventivas quanto à manutenção de frota. Acompanhe mais impactos gerados pela novidade.

Automatiza os processos

Um dos princípios básicos da logística 4.0 é automatização de processos por meio de equipamentos conectados. Com isso, os gestores e colaboradores gastam menos tempo com as questões operacionais, podendo dedicar-se mais aos pontos estratégicos do negócio.

Torna as operações mais eficientes

Quando feitas manualmente, as operações de logística estão sujeitas ao cometimento de erros. A implementação de máquinas e sistemas para controlar os processos logísticos tornam as operações mais precisas e eficientes, diminuindo as chances de falhas e retrabalhos.

Eleva a produtividade

Devido à automatização e aumento na eficiência das operações, o setor de transporte eleva a produtividade das suas atividades. Dessa maneira, há mais facilidade para atender as demandas do mercado e oferecer serviços com alto padrão de qualidade — condição indispensável para assegurar a satisfação dos clientes.

A logística 4.0 é uma realidade que impacta todos os tipos de empresas, ajudando no controle e organização das atividades da área. Sendo assim, é fundamental criar uma agenda de inovação para adequar-se ao conceito e garantir a atualização contínua dos seus processos, evitando que se tornem defasados ao longo do tempo.

Gostou deste post? Siga as nossas redes sociais e acompanhe mais conteúdos exclusivos! Nós estamos no Facebook, Instagram e Twitter.

Comments (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × dois =

Sistema de Gerenciamento de Transporte para Embarcadores