Inscreva-se em nossa Newsletter:

 

 

5 motivos para aplicar a logística reversa na sua empresa

A logística reversa trata da gestão do fluxo logístico inverso. Ou seja, é o controle do momento em que a coleta é realizada no ponto de consumo até o ponto de origem — ou algum intermediário. Para facilitar o entendimento, pode-se tomar como exemplo o recolhimento das embalagens de papelão, que são enviadas a um intermediário, que fará a reciclagem.

No artigo de hoje, listamos alguns motivos para aplicá-la na sua empresa. Continue com a leitura e saiba mais!

1. Melhoria dos processos

Para aplicar uma logística reversa que seja eficaz na prática, é essencial criar uma política de trocas e devoluções bem definida, assegurar que os clientes tenham conhecimento dela e definir como será feito o fluxo inverso. Isso faz com que alguns processos precisem ser aprimorados — como o planejamento de rotas, emissão de documentos, gestão de estoque, entre outros.

Além disso, quando a logística reversa é utilizada com esse propósito — de trocas e devoluções — dá pra mensurar a dimensão real do problema do envio de pedidos errados e da insatisfação dos clientes. Isso permite que o gestor avalie os processos, identifique as principais falhas e elabore ações de melhorias.

2. Adequação à legislação

Ao mesmo tempo em que aumenta a preocupação com o meio ambiente, as leis têm se tornado mais rígidas, fazendo com que algumas exigências sejam mais rigorosas. Com isso, algumas empresas sofrem fiscalizações mais intensas e o papel da logística reversa é ajudar na sua adequação.

3. Melhora na imagem da empresa

É possível melhorar o marketing empresarial explorando melhor o conceito de “empresa sustentável”, visto que isso ajuda a fazer com que as pessoas tenham uma impressão melhor do negócio — principalmente em tempos em que as atenções estão voltadas às medidas de preservação e cuidado com o ambiente, como dito anteriormente.

4. Redução de custos

Em muitos casos, quando os veículos saem para fazer as entregas, eles retornam vazios para a base. Outra vantagem da logística reversa é poder utilizá-los para fazer as coletas necessárias no percurso da volta. Isso ajuda a reduzir consideravelmente os custos com frete, visto que a rota é aproveitada — trazendo pouco ou nenhum gasto extra com transporte.

Além da redução dos gastos com frete, também é possível gastar menos através do reaproveitamento de embalagens. Um grande exemplo disso é o recolhimento de garrafas por parte da indústria da cerveja, que as utiliza novamente.

5. Aumento da satisfação dos clientes

As devoluções e trocas de itens podem ser motivos de muito estresse com os clientes, o que é prejudicial para o relacionamento comercial. Isso se dá, principalmente, pela demora na conclusão de todo o processo. Logo, não basta criar políticas de trocas claras e bem estruturadas se a parte do transporte não é eficaz.

Nesse sentido, a logística reversa pode ser feita também com esse propósito, de aproveitar as rotas para recolher as mercadorias diretamente com os clientes — aumentando o controle sobre o processo e facilitando-o para o consumidor, ao mesmo tempo em que se gasta menos para isso. Além da integração entre setores importantes, como SAC, pós vendas, comercial e logística, o que ajuda a diminuir o tempo necessário para a conclusão do processo.

Como é possível ver, a logística reversa pode ser muito vantajosa para o negócio, tanto em termos operacionais quanto financeiros. Entretanto, é um processo que precisa ser bem planejado e estruturado, para que se alcance o máximo de eficiência possível.

O que achou do post? Compartilhe este artigo em suas redes sociais para que mais pessoas conheçam os benefícios da logística reversa!

Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sistema de Gerenciamento de Transporte para Embarcadores